22.4.06

Um Inverno eterno

Às primeiras horas de 26 de abril de 1986, o reactor n.º 4 da central nuclear de Chernobly, Ucrânia, pensada para ser a maior do mundo, explodia. O reactor atómico soviético era considerado "muito seguro" e o desastre aconteceu devido à sua baixa instabilidade quando em baixa rotação. O aparelho não possuia câmara de contenção, e por isso, toneladas de urânio e outros materiais radioactivos foram projectados para a atmosfera causando um número de mortos elevado. Este acontecimento levou a um Inverno radioactivo eterno que durará milhares de anos

1 comentário:

sirolock disse...

Um desastre tão grande e que se sabe tão pouco, mas que poderia ser um factor de nos avisar para prevenir acontcimentos deste tipo. mas pouco ou nada se fala alem da data e pouco mais